Gratinado perfeito: 8 truques para deixar a casquinha mais crocante e saborosa

por | abr 8, 2022 | Dicas de cozinha

Escondidinho, lasanha, arroz de forno, enfim, são várias as preparações que podem ganhar toque extra de sabor com um bom gratinado.

Além da textura crocante, a técnica francesa do gratinado ainda ajuda a manter o calor e a umidade de uma receita cremosa.

Como fazer um gratinado perfeito

Mas não basta apenas colocar uma camada de queijo sobre o prato para ter um gratinado perfeito. Conheça dicas e truques que garantem a casquinha crocante, borbulhante e saborosa.

Tipos de queijo para fazer gratinado

O primeiro passo é saber que nem todos os tipos de queijo funcionam para o gratinado. Muçarela, gruyère, emmental e, claro, o parmesão, são as melhores opções.

Queijo parmesão é uma das melhores opções para o prato gratinado
Lilechka75/Getty Images/iStockphoto

Já o queijo fresco, por exemplo, não é indicado para esse tipo de preparação. Como não derrete completamente, acaba ganhando uma textura borrachuda quando vai ao forno.

Temperatura do forno para fazer gratinado

A temperatura do forno deve ser alta, entre 200 e 220 graus, para preparar um bom gratinado. Lembrando que ele deve ser pré-aquecido por cerca de 20 minutos antes de receber o prato.

Temperatura da preparação

A temperatura do prato também merece atenção. Preparações geladas não devem ir ao forno para gratinar, pois a casquinha pode se formar antes de o interior ficar devidamente aquecido.

Gratinar ao forno acrescenta sabor ao prato
frederique wacquier/Getty Images/iStockphoto

Se você desejar gratinar uma preparação congelada, retire o prato do freezer e espere ele chegar à temperatura ambiente antes de levar ao forno

Recipiente certo para preparar gratinado

Assadeiras e recipientes de inox, cerâmica e vidro são as que melhor mantêm a temperatura dos alimentos e, por isso, são as mais indicadas para um bom gratinado.

O recipiente ainda deve ter, pelo menos, 3 centímetros de borda para evitar que parte do gratinado transborde no forno.

Crocante por fora e molhadinho por dentro

A grande graça do gratinado é garantir textura a pratos úmidos e macios. Por isso, capriche no molho para ter uma preparação crocante por fora e molhadinha por dentro. Caso contrário, a carne ou a massa, por exemplo, pode ficar muito ressecada.

Truque com farinha de rosca para gratinar

Um bom truque para deixar o gratinado ainda mais crocante é adicionar um pouco de farinha de rosca à preparação.

Truque para o gratinado perfeito está nos ingredientes
marucyan/Getty Images/iStockphoto

Basta misturar cerca de 2 colheres (sopa) de farinha de rosca com 2 colheres (sopa) do queijo ralado e polvilhar por cima da preparação antes de levar ao forno.

Dicas para turbinar o gratinado

Além da farinha de rosca, outros ingredientes podem turbinar e deixar o gratinado ainda mais saboroso e crocante. Com o queijo, experimente colocar farinha tipo panko, croûtons ou mesmo nozes e castanhas trituradas.

Ponto certo do gratinado

Para saber se o gratinado atingiu o ponto certo, observe que, além da cor dourada, o queijo sobre a preparação de estar borbulhando.