Canelé, simplicidade e sofisticação

por | jun 30, 2016 | Receitas

Imagine a mais saborosa guloseima francesa. Os bolinhos batizados de canelé são simples de fazer, porém de sabor refinado. O segredo está no toque de rum envelhecido.

Canelé é uma tradicional receita original do sul da França, mais precisamente da cidade de Bordeaux. Segundo Thiago Arnaud, finalista do quadro Super Chef, do programa “Mais Você”, o quitute foi criado por volta de 1.520 por freiras de um convento. “As irmãs iam até o cais do porto buscar as doações de alimento e lá ganhavam farinha e um pouco de rum envelhecido –naquela época a bebida envelhecida não era valorizada”, conta Thiago. Segundo ele, a receita é guardada a sete chaves nas doçarias francesas, e as receitas de hoje em dia costumam chegar próximas do sabor daquelas comercializas na cidade Luz.

O chefe revela que àqueles ingredientes elas acrescentavam açúcar, baunilha e ovos. “Por ser uma receita muito simples não despertou interesse dos grandes cozinheiros da época”, diz o finalista. Um detalhe importante da receita é que a massa precisa descansar de um dia para o outro. “Acredito que isso acontecia porque as freiras tinham tempo para se recolher e para todas as outras atividades, assim quando chegava o momento paravam o que estavam fazendo e só prosseguiam no dia seguinte”, supõe Thiago.

Hoje em dia, o canelé está recebendo o valor merecido, principalmente na região em que foi criado, no sul da França. “Aqui no Brasil ainda é muito raro encontrar. Em São Paulo, maior cidade do país, só há três lugares que preparam o quitute”, comenta o chefe. Thiago Arnaud ressalta: “Para que a receita dê certo é preciso que os bolinhos sejam assados em forminhas de bronze. Somente estas garantirão que eles fiquem dourados e caramelizados por fora e molinhos por dentro.”

Anote a receita de Canelé, por Thiago Arnaud

Ingredientes:
250 ml de leite


25 g de manteiga


Raspas de 1 favo de baunilha


1 ovo


1 gema
130 g de açúcar


60 g de farinha


15 ml de rum envelhecido

Modo de preparo:


Ferva o leite juntamente com a manteiga e as raspas de baunilha. Bata o ovo com a gema ligeiramente. Não bater demais para não entrar em ponto de neve. Adicione o leite morno à mistura lentamente e envolva tudo. Em outro recipiente, peneire a farinha e misture-a ao açúcar. Junte a farinha à mistura anterior aos poucos, mexendo bem, e depois juntar o rum. Deixe a massa descansar na geladeira em pote hermeticamente fechado de um dia para outro. No dia seguinte, unte as formas de cobre com manteiga e polvilhe com açúcar. Pré-aqueça o forno a 180° C. Misture um pouco a massa antes de colocar nas forminhas. Depois encha 4/5 das formas.

Os tempos de permanência no forno são os seguintes:

50 minutos para os minicanelés
1 hora para os médios


1 hora e 10 minutos para os grandes.

Eles devem ficar com um dourado visível. Desenforme e deixe esfriar sobre uma grade.Prefira comer este canele no mesmo dia, se possível ainda quente.

LEIA TAMBÉM:

Rabanada francesa – Transforme o pão dormido numa deliciosa sobremesa francesa

A hora da sobremesa – Ceia sem rabanada é quase como Natal sem presente. Aprenda como fazer!